O que separa um conteúdo bom de um conteúdo ruim? 

Você sabe quais são as características de um conteúdo que realmente faça sucesso no LinkedIn? Ainda não? 

Neste artigo, Dostal também dá as principais dicas para ter uma rede social chamativa e que te traga grandes oportunidades, sobretudo na qualidade dos seus conteúdos. Fique sempre  ligado às novidades do portal e tenha uma boa leitura! 

Caso também queira ter acesso a todo o conteúdo sobre o tema e outros conteúdos, assista também ao vídeo abaixo, e não se esqueça de se inscrever no meu canal, Carolina Dostal, para ficar sempre atualizado.

É bastante comum as pessoas se perguntarem qual é o melhor conteúdo a ser postado em uma rede profissional, como o LinkedIn. Geralmente elas ficam em dúvida sobre o tom do seu conteúdo, se deve ser mais sério ou mais despojado, e até mesmo sobre a qualidade dos posts, se o conteúdo é realmente interessante ou não para os seus seguidores.

Mas a verdade é que não é possível dizer se um conteúdo é bom ou ruim. O que existe é um o público certo para cada tipo de conteúdo. Essa deve ser a primeira sacada para que em está produzindo conteúdo para as redes sociais, seja no LinkedIn ou qualquer outra plataforma. A seguir, trazemos alguns insights para que você possa entender ainda mais o que realmente torna um conteúdo relevante para a nossa audiência virtual.

Produza conteúdo que agregue valor

De acordo com os dados e estatísticas do próprio LinkedIn, ao utilizar a rede, os usuários se sentem com muito mais propósito sempre que compartilham ou engajam com algum conteúdo. O que se nota é que os usuários se identificam com o post e acabam se sentindo muito mais confiante depois de lê-lo.

Como muitos talvez já sabem, o conteúdo mais adequado é aquela que vai elevar essas pessoas profissionalmente. Cada usuário tem uma profissão e um interesse específico. Por isso, também se faz importante conhecer o seu público para que, assim, você passar produzir o conteúdo mais direcionado à expectativa do seu leitor e realmente gerar sentido e valor ao material que está sendo lido.

Vale lembrar que é sempre importante não deixar a qualidade do conteúdo cair, ao pensar apenas em obter mais “curtidas”, “comentários” ou algo assim. O que realmente se torna importante é a relevância da informação que você está publicando na sua rede. Isso que vai gerar autoridade, notoriedade e reconhecimento.

Faça um lista de tópicos relevantes para o seu público

Se você está escrevendo para alguém, é necessário saber o que essa pessoa gosta de ler. Isso serve tanto para livros, filmes, músicas, como também para um simples post no LinkedIn. Se não sabemos o que nosso público consome, dificilmente teremos certeza que eles vai consumir os nossos produtos.

Por isso, é importante pesquisar no próprio perfil das suas conexões (como são chamados os usuários do LinkedIn que estão conectados ao seu perfil) o que eles costumam curtir, comentar e compartilhar. Imagine, por exemplo, que seja um economia ou um executivo de vendas de uma empresa de tecnologia.

É normal que esses profissionais se interessem em saber sobre o futuro do mercado, do posicionamento das empresas, como C-Levels, como CEOs, dentre outros conteúdos que é de interesse constante desses usuários.

Mantenha a qualidade e fale com as pessoas certas

A inteligência relacional é uma das habilidade que todos os seres humanos possuem. Ela diz sobre as conexões que fazemos uns aos outros de estabelecer confiança. Um dos caminhos para alcançá-la é a inteligência emocional, que ajuda a identificar e entender suas emoções.

Logo, quando pensamos na inteligência relacional, a gente consegue manter a qualidade do nosso conteúdo e, além disso, direcioná-lo para as pessoas corretas, que realmente são interessadas naquele assunto.

Outro truque igualmente importante é quando pensamos em criar conteúdo perenes que vão avançar em diference estágios do funil de produção. Ou seja, criamos um conteúdo para o nosso público, que vai passar para outras pessoas e chegar até aquelas pessoas que realmente vão comprar o seu produto, ou que simplesmente vão te indicar para marcas que vão acabar fechando negócio com você.

Caso ainda tenha mais dúvidas sobre como deixar o seu LinkedIn mais atrativo, confira o meu curso que se chama Destrave seu LinkedIn. Ele está disponível no Hotmart. O curso te ajuda a encontrar o emprego ideal ou aumentar o número de vendas e serviços ofertados pelo seu negócio. 

Quer tirar o máximo de proveito do LinkedIn? Conheça meu curso online DESTRAVE SEU LINKEDIN.

Caso tenha alguma necessidade específica, entre em contato e agende uma consultoria.

Curtiu o assunto de hoje? Por isso, esperamos que você tenha gostado do conteúdo e não se esqueça: continue acessando frequentemente o site para que você possa ter acesso a todos os conteúdos disponibilizados na plataforma. Até mais! 

Conteúdo e revisão por Carolina Dostal      

Matéria escrita: Carlos Augusto Júnior