O LinkedIn é uma rede social? Como utilizar esse aplicativo e quais os benefícios encontrados neles? Pensando em sanar algumas dessas dúvidas, o artigo de hoje trará algumas informações sobre como otimizar a sua presença no LinkedIn. Confira!

E para ter acesso a todo o conteúdo sobre o tema, assista também ao vídeo abaixo, e não se esqueça de se inscrever no canal Carolina Dostal para ficar sempre atualizado.

É verdade que o LinkedIn é uma rede social, mas muitas pessoas ainda veem o aplicativo de uma forma diferente. Ele foi lançado em 2003 oficialmente, pelo CEO Reid Hoffman, que foi aluno em Stanford, Oxford e tinha a ideia de criar uma rede social onde as pessoas conseguissem se conectar e criar relacionamentos.

Qual a principal função do LinkedIn?

Ao pensar  em Linkedin, a primeira palavra que deve surgir é relacionamento. É para isso que serve a rede social, não somente para emprego. De acordo com as estatísticas, apenas 30% das pessoas entram no LinkedIn para procurar emprego, enquanto o resto está no LinkedIn para gerar autoridade e receber notícias sobre diversos assuntos. Notícias e tendências do seu próprio setor é o principal motivo pelo qual as pessoas se tornam usuários do aplicativo. 

As pessoas também querem saber um pouco de como aprender a liderar melhor, ter acesso a eventos, o que está acontecendo no mercado de trabalho e qual é o ponto de vista dos colaboradores, dos funcionários e dos CEOs, dos C-Levels, dos diretores. O principal interesse é descobrir como essa galera pensa e vê o que está acontecendo, e como eles planejam comandar uma empresa no futuro.

Quantas pessoas utilizam o LinkedIn?

Hoje são mais de 700 milhões de usuários no LinkedIn. Estima-se que a cada segundo três novos usuários se cadastrem no aplicativo. Além disso, a ferramenta já possui quase 60 milhões de empresas cadastradas, contando com muitas oportunidades de trabalho e anúncios de empresa. 

Assim como no Instagram, é possível patrocinar um anúncio no LinkedIn. Também conseguimos anunciar através de veiculação de anúncios, ao criar uma página corporativa dentro do LinkedIn. A versão do aplicativo conhecida como Recruter permite que os recrutadores consigam utilizar filtros super avançados e encontrar os talentos ideais. 

Quais os benefícios do LinkedIn Premium?

As buscas normais do LinkedIn não oferecem tantos filtros, mas é possível encontrar os candidatos perfeitos Ou seja, conseguimos gerar autoridade ao escrever posts, artigos, enquetes, fazer lives, postar stories, dentre outras utilidades.

Nessa versão paga, passamos a ganhar uma exponencialidade bastante satisfatória porque podemos contar para as pessoas aquilo que a gente é capaz de fazer profissionalmente. Não podemos esquecer que o networking é a palavra-chave a ser utilizada quando se trata do LinkedIn. 

A gente já sabe que as pessoas que procuram emprego têm muito mais chance de serem contratadas se elas possuem bons relacionamentos. Isso acontece porque os candidatos que possuem um bom networking no LinkedIn têm 4 vezes mais chances de serem contratados. 

Mas afinal, o LinkedIn é uma rede social? 

Sim, o LinkedIn é uma rede social. Mas não podemos compará-lo com uma rede social em que você apenas faz postagens e vê conteúdos novos. O aplicativo profissional é muito mais do que isso.

“Há um cunho de colaboração entre ONGs, pessoas tentando se ajudar, comunidade científica se conectando através do LinkedIn.Vocês acham que a vacina do COVID teria sido possível sem o LinkedIn? Não, quase que impossível. Os cientistas, todos, se comunicam e se encontram através das redes sociais. E cada vez mais acadêmicos começaram a perceber a importância desta rede social profissional que é a maior do mundo.”

Para mais dicas de como se tornar um profissional magnético, você pode acessar o curso “Destrave o seu LinkedIn”. Nele, Dostal ensina detalhe por detalhe de como ter um perfil profissional perfeito no LinkedIn e que muito bem reconhecido:

  • Como criar um perfil ideal;
  • Como os recrutadores fazem suas buscas;
  • Explicação detalhada sobre os filtros do LinkedIn;
  • Como ser permitido a realizar lives no aplicativo e qual a melhor forma de utilizá-las; 
  • Como criar conteúdo para a rede social?

Quer tirar o máximo de proveito do LinkedIn? Conheça meu curso online DESTRAVE SEU LINKEDIN.

Caso tenha alguma necessidade específica, entre em contato e agende uma consultoria.

Curtiu o assunto de hoje? Por isso, esperamos que você tenha gostado do conteúdo e não se esqueça: continue acessando frequentemente o site para que você possa ter acesso a todos os conteúdos disponibilizados na plataforma. Até mais! 

Conteúdo e revisão por Carolina Dostal      

Matéria escrita: Carlos Augusto Júnior