Posso pedir recomendação no LinkedIn?

A dúvida de muitas pessoas quando começam a utilizar o LinkedIn é: posso pedir recomendação no LinkedIn? Uma pergunta que parece boba, mas que no fundo realmente gera muitos questionamentos. 

Pensando nisso, você vai aprender neste artigo a pedir recomendação de forma amigável e diplomática no LinkedIn. Confira tudo sobre o tema neste post e assista também ao vídeo abaixo para mais informações. E não se esqueça de se inscrever no canal Carolina Dostal para continuar atualizado.

É indiscutível que as redes sociais em geral passaram a exercer um papel muito importante no processo de contratação de novos profissionais. O LinkedIn é um desses exemplos. Segundo as mais recentes pesquisas da rede, 3 pessoas são contratadas por meio do LinkedIn a cada minuto.

Logo, as recomendações são uma das melhores ferramentas para o fortalecimento da credibilidade da sua imagem no mundo virtual. Principalmente a recomendação no LinkedIn. 

Mas, como já citamos, muitas pessoas ainda não se sentem confortáveis em pedir recomendações no LinkedIn. E os motivos são variados. Porém, por outro lado, é sempre válido lembrar que o LinkedIn é reconhecido como uma rede de networking profissional feita para isso.

O mais importante mesmo é manter o respeito e ser categórico ao abordar as pessoas na rede social. Tudo com respeito facilita o processo. Por isso, confira algumas dicas para pedir a sua recomendação no LinkedIn. 

  1. Conheça bem a pessoa a quem você vai solicitar recomendação

Em um primeiro momento, é importante lembrar que as recomendações devem vir de quem pode realmente falar questões relevantes sobre a sua trajetória profissional. Isso, de algum modo, serve exatamente para que os recrutadores possam atestar as suas competências e qualificações profissionais.

Além disso, se a nossa abordagem for bem realizada, uma recomendação no LinkedIn pode ser o passo ideal que faltava para garantir uma oportunidade profissional. Mas ainda assim exige muita prudência até esse momento.

O que sugerimos é que, antes mesmo de começar a disparar pedidos para os seus contatos, você reflita a estratégia mais correta a adotar. Mais do que pedir uma recomendação no LinkedIn, é válido que também saiba a quem pedir.

Por isso, tente fazer pedido a ex-colegas de trabalho, professores, a superiores, antigos empregadores, pares e até clientes são boas opções. Assim, sua maneira de fazer contato será um reflexo da sua experiência profissional e das suas competências.

  1. Como solicitar uma recomendação?

O próximo passo é focar na forma como você vai solicitar a sua recomendação. Qual será a linguagem e o tom da sua mensagem? Esses são questionamentos relevantes para se fazer antes de entrar em contato com quem vai indicar.

Por isso, ao solicitar uma recomendação, nada mais importante do que dedicar alguns minutos para escrever este pedido. Para isso, personalize a sua carta. 

  1. Personalize o seu pedido

A verdade é que não existe uma receita ou um modelo ideal de mensagem a ser enviada. Tudo diz sobre a personalidade e o nível de intimidade que você tem com aquele profissional.

Mas é importante seguir algumas orientações. Veja só:

  • Pense em uma boa saudação: sempre utilize o nome da pessoa. Faça uma saudação adequada para o grau de relacionamento, utilizando palavras como Prezado; Caro e nome do profissional;
  • Personalize a sua mensagem: provavelmente você tem um assunto “quebra-gelo” com cada uma dessas pessoas. Por isso utilize a seu favor! É sempre importante relembrar ao outro em que estágio está o nosso relacionamento. Isso também serve para o ambiente profissional;
  • Relembre o último projeto ou trabalho que vocês trabalharam juntos, mesmo que já tenha passado muito tempo. É uma boa abordagem para gerar conexão;
  • Relembre alguma situação engraçada do último encontro. Isso gera empatia;
  • Por fim, destaque o seu momento atual e fale sobre a recomendação;
  • Por fim, agradeça e se mantenha aberto a procuras futuras. 

Quer tirar o máximo de proveito do LinkedIn? Conheça meu curso online DESTRAVE SEU LINKEDIN.

Caso tenha alguma necessidade específica, entre em contato e agende uma consultoria.

Curtiu o assunto de hoje? Por isso, esperamos que você tenha gostado do conteúdo e não se esqueça: continue acessando frequentemente o site para que você possa ter acesso a todos os conteúdos disponibilizados na plataforma. Até mais! 

Conteúdo e revisão por Carolina Dostal      

Matéria escrita: Carlos Augusto Júnior