Qual o melhor horário para publicar no LinkedIn? Por que devo definir um público-alvo para antes de descobrir a melhor hora para minhas postagens? Pensando em sanar algumas dessas dúvidas, o artigo de hoje trará algumas informações sobre como otimizar o alcance das suas publicações no LinkedIn. 

Para ter acesso a todo o conteúdo sobre o tema, assista também ao vídeo abaixo, e não se esqueça de se inscrever no canal Carolina Dostal para ficar sempre atualizado.

Quais fatores de tempo eu devo levar em consideração ao realizar uma postagem?  

Com grande frequência, os usuários do LinkedIn têm dúvidas sobre qual a melhor hora do dia para realizarem as suas postagens, quais são os melhores dias para publicação e outros questionamentos similares. Porém, antes de obtermos a resposta exata para essas perguntas, precisamos levar alguns aspectos em consideração. 

Por exemplo, imagine que você está no Brasil e você vende produtos para regiões da Tailândia. Neste caso, qual a diferença de horas e de fuso horário entre Brasil e Tailândia? Você precisa ter essas informações em mãos porque é extremamente importante levar em consideração o fuso horário se pensamos em algo mais internacional. 

Falando do Brasil, nós sabemos que a grande maioria das pessoas entra no trabalho de manhã e sai no final do dia. Mas, por outro lado, isso talvez não aconteça em maior amplitude no mercado publicitário, já que os horários de trabalho são diferentes de outros setores do mercado. Logo, devemos ter em mente que se a gente não conhece o nosso público e quem a gente quer alcançar, torna-se um pouco mais difícil de saber a melhor hora de postar.

Existe um melhor horário para postar?

Sempre escutamos frases como: “Eu li que a melhor hora de postar no LinkedIn é 7 horas da manhã, e depois, 6 horas da tarde”. Mas, na verdade, não é bem assim que funciona. É sempre bom lembrar que a gente precisa entender qual é o nosso público-alvo.

Para chegarmos a uma resposta convincente sobre o assunto, observe os dados da pesquisa do Spot Social. O estudo chegou à conclusão de que a grande maioria das pessoas no LinkedIn estão on-line a partir de meio-dia. horário próximo ao almoço. Eles também costumam ficar conectados às 17h, que é próximo ao horário de voltar para casa. 

Por que é importante utilizar ferramentas para programação de postagens? 

Aplicativos de automatização são verdadeiros tesouros para quem realiza postagens seja no LinkedIn ou em qualquer outra rede social. Para ter uma ideia deste cenário, uma pesquisa realizada pela mLabs, co-fundada por Rafael Kiso, apresenta alguns insights sobre os melhores horários para posts. Inclusive, a ferramenta da empresa ajuda os usuários a programar as suas postagens. 

Com essa automatização, é possível obter dados dos próprios internautas que falam quais são os posts que trarão os melhores resultados. 

Quais os melhores horários de acordo com o estudo da mLabs? 

Indo direto ao ponto, os melhores horários são os comerciais. Veja quais são esses horários entre segunda e sexta-feira: 

  • 7h às 8h
  • 12h às 13h (horário do almoço)
  • 17h às 18h (horário em que as pessoas já estão pensando em voltar do trabalho).

Uma última dica é: faça testes constantemente. Com a pandemia, as pessoas começaram a trabalhar em casa, e de repente, o horário de trabalho mudou. Muitas pessoas acabaram aproveitando o tempo para ajudar os filhos nas atividades escolares, mas, em compensação, ficaram trabalhando até mais tarde, e as pausas também mudaram bastante.

Um bom exemplo disso é o que acontece com os publicitários. Muitos deles acordam mais tarde, mas, também, vão dormir de madrugada. Se o seu público é o profissional publicitário, vale a pena repensar os seus conceitos de horário de postagens, e esquecer a grande massa do LinkedIn.

Quer ter sucesso no LinkedIn? Então, não perca a oportunidade de se tornar um verdadeiro Profissional Magnético. 

O termo Profissional Magnético foi cunhado por Carolina Dostal e se refere aos profissionais que são atraídos por recrutadores, que estão abertos às oportunidades do mercado e que não temem mudar de uma empresa para outra. 

Para mais dicas de como se tornar um profissional magnético, você pode acessar o curso “Destrave o seu LinkedIn”. Nele, Dostal ensina detalhe por detalhe de como ter um perfil profissional perfeito no LinkedIn e que muito bem reconhecido:

  • Como criar um perfil ideal;
  • Como os recrutadores fazem suas buscas;
  • Explicação detalhada sobre os filtros do LinkedIn;
  • Como ser permitido a realizar lives no aplicativo e qual a melhor forma de utilizá-las; 
  • Como criar conteúdo para a rede social?

Curtiu o assunto de hoje? Por isso, esperamos que você tenha gostado do conteúdo e não se esqueça: continue acessando frequentemente o site para que você possa ter acesso a todos os conteúdos disponibilizados na plataforma. Até mais!

Quer tirar o máximo de proveito do LinkedIn? Conheça meu curso online DESTRAVE SEU LINKEDIN.

Caso tenha alguma necessidade específica, entre em contato e agende uma consultoria.

Conteúdo e revisão por Carolina Dostal      

Matéria escrita: Carlos Augusto Júnior